EnglishPortugueseSpanish

6 dicas de roteiro para turismo em Foz do Iguaçu!

Home / Blog / 6 dicas de roteiro para turismo em Foz do Iguaçu!

6 dicas de roteiro para turismo em Foz do Iguaçu!

Se você está em busca de um incrível contato com a natureza, gastronomia farta, bons meios de hospedagem e de compras, trilhas exuberantes e muito mais, não deixe de colocar em seu roteiro o turismo em Foz do Iguaçu.

Muito além do que as famosas cataratas, a cidade paranaense surpreende os visitantes que reservam, pelo menos, três dias para desfrutarem das maravilhas naturais e também culturais existentes no município que faz divisa com a Argentina e Paraguai.

Sabendo-se que muita gente quer experimentar esse inesquecível passeio, elaboramos este post com seis dicas que certamente farão com que a sua estadia seja repleta de bons momentos e inúmeras recordações bacanas para serem compartilhadas. Venha conosco e faça as malas para esse destino tão visitado no Brasil.

1. Veja como é a cidade

Localizada na tríplice fronteira com Puerto Iguazu, na Argentina, e Ciudad del Este, no Paraguai, Foz do Iguaçu conta com mais de 260 mil habitantes e está localizada a 640 Km da capital, Curitiba.

De acordo com a revista Exame, a cidade foi eleita como o melhor destino de ecoturismo no Brasil nos anos de 2014 e 2015 em razão da diversidade dos passeios e programas existentes na localidade. Diante disso, você certamente terá muitas histórias para contar ao escolher fazer turismo em Foz do Iguaçu.

Em um ambiente de puro contato com a natureza, principalmente por conta da preservação da Mata Atlântica, o município ainda oferece uma boa estrutura de transporte, hospedagens com preços para todos os bolsos, casas de câmbio, excelentes bares e restaurantes, além de um clima ameno com média anual de 20,4 ºC.

Para chegar, a maior parte dos turistas faz a viagem de avião, aterrissando no aeroporto local que recebe voos de várias partes do Brasil e de outros países.

2. O que fazer em Foz do Iguaçu

Opções não faltarão. Como a maior expectativa de qualquer viajante é conhecer as cataratas do Iguaçu, não poderíamos deixar de evidenciar o principal ponto turístico da cidade.

Formadas pelo rio Iguaçu (água grande em tupi-guarani), as cataratas contam com 275 quedas de 65 metros de altura em média, com trilhas, mirantes e um elevador panorâmico.

Como as quedas são bem fortes em razão de um desnível geológico formado há 200 mil anos, é quase impossível não se molhar, ou seja, vá preparado com uma capa de chuva.

3. Desbrave os roteiros rurais

Como a natureza é exuberante na cidade, com flora e fauna abundantes, um ponto que não pode fugir do seu roteiro é o Parque Nacional do Iguaçu. Dentro dele, podemos destacar as trilhas, rafting, rapel, escalada em rochas, além dos tradicionais passeios de barco, tendo a sua frente a bela vista das cataratas.

Com cerca de 185 mil hectares somente do lado brasileiro, o parque é Patrimônio Natural da Humanidade pela Unesco e possui várias espécies de árvores nativas, como araucária, palmeira, imbuia, caviúna, entre outras.

Você também poderá visitar a área argentina do parque, chegando à Garganta do Diabo, local que fica a uma altura de 1.100 metros acima das quedas, ou seja, a vista é excelente para fotografias, além de trazer um bem-estar inexplicável.

Outra atração imperdível de turismo em Foz do Iguaçu é o Parque das Aves. Criado em 1994, o local preserva em seus 17 hectares cerca de 150 espécies diferentes, sendo a metade resgatada de maus-tratos e do tráfico de animais.

Coberto por mata nativa, o parque tem o maior viveiro da América Latina e os visitantes ficam em contato direto com aves tropicais raras, como araras, flamingos e tucanos. Há ainda cobras, jacarés, borboletário e um viveiro de beija-flores.

Vale ressaltar que existem projetos indígenas na região valorizando o turismo rural, as agroflorestas e hortas orgânicas, com foco no combate ao êxodo rural e também para amenizar os conflitos entre fazendeiros e índios. Isto porque os jovens não nutrem grandes expectativas tampouco possibilidades de ascensão levando uma vida no campo. Portanto, acabam em empregos de baixa qualificação, ofertados nos grandes centros urbanos.

Isso porque a cultura regional vem sofrendo interferências da agroindústria em razão do crescimento das fazendas de soja próximas a Itaipu. Inclusive, a usina é a nossa próxima dica de turismo em Foz do Iguaçu.

4. Visite a usina de Itaipu

Sendo a maior geradora de energia limpa e renovável do planeta, a usina de Itaipu oferece muitas atrações turísticas. Entre elas, podemos destacar a visita panorâmica, destinando uma observação superbacana do potencial hidráulico das águas do rio Paraná.

O passeio que ainda passa pela barragem de 8 Km de extensão e 196 metros de altura e pelo reservatório é realizado por ônibus de dois andares, com uma visão privilegiada.

Outro local que também não pode deixar de ser visitado é o Vale dos Dinossauros, uma atração que deixa as crianças boquiabertas.

5. Desvende os passeios culturais e gastronômicos

Quem pensa que Foz reserva apenas roteiros ecológicos está muito enganado. Há diversas atrações culturais e gastronômicas, principalmente para você se deliciar com os pratos típicos, como barreado, carnes nobres, em especial a parrila, massas, vinhos, panquecas, frios diversos, e sem falar nos muitos doces, como brigadeiro de paçoca.

Em razão da proximidade com o Paraguai, você poderá ainda atravessar a Ponte da Amizade e fazer boas compras do outro lado do rio. Já na Argentina, é possível curtir a noite regada a tango ou a jogos em um cassino.

Existe ainda o Museu de cera Dreamland, que possui mais de 90 personalidades do mundo todo em tamanho real, das estrelas de Hollywood a atletas ilustres.

Também não podemos deixar de lado a mesquita muçulmana Omar Ibn Al-Khatab, que se destaca pela arquitetura arábica, onde devem ser respeitadas as normas da cultura islâmica.

O Templo Budista é muito conhecido e visitado, tanto por moradores quanto turistas, e fica próximo ao rio Paraná. No local, há várias esculturas que rendem fotos maravilhosas, sem falar no clima de paz e serenidade.

6. Veja as melhores épocas para turismo em Foz do Iguaçu

Como as cataratas ficam com maior volume de água em períodos de chuva, a vista pode ser mais atraente no verão. Agora, se você prefere não enfrentar muitos respingos, opte pelas épocas mais secas, como outono e inverno.

A nossa dica é que sejam reservados, no mínimo, três dias inteiros na cidade para que você consiga desfrutar de todas as atrações, fazendo com que o turismo em Foz do Iguaçu seja contemplado em sua totalidade.

E você, quer uma ajuda especial para realizar o melhor do roteiro rural na cidade? Então entre em contato agora mesmo com a gente e desfrute de momentos inesquecíveis!

0 Compart.

Michel Leão 0Comentário(s)
0 Compart.

© 2018 Todos os direitos reservados

Chronus Viagens e Turismo
Av Diederichsen, 1100 Conj 22 - Vila Guarani (Z Sul)
São Paulo - SP | CEP: 04310-000
Tel.: (11) 2246-2885 / 5011-0635
E-mail: contato@chronus.tur.br