EnglishPortugueseSpanish

DESCUBRA AS BELEZAS DO ARQUIPÉLAGO DE ANAVILHANAS

Home / Blog / DESCUBRA AS BELEZAS DO ARQUIPÉLAGO DE ANAVILHANAS

DESCUBRA AS BELEZAS DO ARQUIPÉLAGO DE ANAVILHANAS

 

Caso você ainda não saiba, o arquipélago de Anavilhanas é um paraíso dentro da floresta Amazônica com quase 400 ilhas fluviais, no Rio Negro, a 40 km de Manaus. É o cenário ideal para quem gosta de natureza, animais e de registrar belas imagens.

Com um cenário único o local tem 2,27 milhões de hectares de paisagem natural o Parque Nacional de Anavilhanas, é administrado pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), que tem sede no município de Novo Airão.

Além de conhecer as belezas naturais, você pode se envolver nas atividades das comunidades do arquipélago de Anavilhanas. Essa é uma experiência única de vivência sociocultural.

Se você está em busca de um local alternativo para ter contato intenso com as belezas naturais, com a comunidade e quer fugir do caos da cidade grande, continue lendo esse texto e descubra os detalhes para preparar sua viagem para Anavilhanas.

COMO CHEGAR EM ANAVILHANAS?

Para visitar o local é preciso ir até Manaus e depois ir até o município de Novo Airão, quando chegar lá, diversas pousadas oferecem passeios para Anavilhanas.

Você pode ir de táxi-lotação, a viagem dura em média 2h30min, mas você deve contatar o taxista e reservar a sua vaga com antecedência. Outra opção são os ônibus executivos da rodoviária de Manaus.

Se preferir ir de barco para Novo Airão pode embarcar no Porto de São Bartolomeu, em Manaus. Não esqueça de verificar os dias e horários disponíveis.

QUAL A MELHOR ÉPOCA DO ANO PARA VISITAR?

A variação do nível da água oscila em até 10 metros, o período de outubro à março é de cheia e de abril à setembro é de seca. Se você optar em visitar no período de seca, vai poder observar com a maré mais baixa o surgimento de muitas praias e o cenário natural de troncos e raízes que ficam mais visíveis.

Se preferir ir no período de cheia, terá como opções as trilhas aquáticas de igapó e passeio de barco pelas florestas.

Independente do período você vai ter sempre um lugar interessante para visitar, mas uma coisa você precisa saber, os passeios na Amazônia custam em média R$150 por pessoa, e geralmente precisa se deslocar pela água.

QUAIS OS PRINCIPAIS LOCAIS PARA VISITAR?

Antes de citar as belezas naturais e que são atrativos para o turista comum, vamos citar uma atividade que você deve fazer e vai intensificar muito a sua vivência sobre o arquipélago de Anavilhanas, que são as visitas nas comunidades ribeirinhas.

Já imaginou conhecer lugares incríveis no seu destino e ainda impactar positivamente na comunidade local, proporcionando trocas de conhecimento e experiência?

A iniciativa de visitar comunidades ribeirinhas é um incentivo para a manutenção do turismo social que elas promovem, além de contribuir com a economia solidária por meio do artesanato, restaurante comunitário, voluntariado entre outras atividades que estimulam o comércio colaborativo.

Uma opção interessante é visitar a comunidade cabocla de Santo Antônio que tem mais de 60 anos de existência. São em torno de 10 famílias que sobrevivem da pesca, artesanato, fabricação de espetos, além de uma horta medicinal que é mantida por todos da comunidade.

Confira algumas atrações turísticas:

INTERAÇÃO COM BOTOS-VERMELHOS

O Flutuante dos Botos é uma propriedade privada onde é possível interagir com botos-vermelhos e existe há quase duas décadas. Fica localizado na praia da orla de Novo Airão.

O visitante é contemplado com uma palestra explicativa sobre os animais e suas características, antes da alimentação, que só pode ser feita pelo funcionário do local que são treinados para dar a porção correta.

Após a alimentação os visitantes podem tocar nos animais, desde que se comportem de maneira passiva de modo a não agitar ou agredir os animais.

É importante destacar que os animais não estão confinados, eles vivem livre e visitam a plataforma de maneira espontânea, logo depois retornam para o Rio Negro.

PASSEIO AQUÁTICO

Oferece a possibilidade de percorrer o labirinto formado pelas ilhas do arquipélago de Anavilhanas, nos rios Baependi e Bariaú, observando as exuberantes paisagens.

PRAIAS (NA SECA, DE SETEMBRO A FEVEREIRO)

Anavilhanas é um local com diversas opções com praias incríveis, entre elas Acaracari, Camaleão, Bararoá, Iluminado, Camaleão, Folharal, Meio, Tiririca e Sobrado.

TRILHAS AQUÁTICAS DE IGAPÓ (NA CHEIA, DE MARÇO A AGOSTO)

Uma opção interessante é conhecer as florestas de igapós ou florestas encantadas por meio dos passeios em embarcações de pequeno porte. Um fato importante de citar é que a única praia que é possível chegar de carro é a da Orla, as outras só é possível visitar de barco.

TRILHAS TERRESTRES

Se você quer conhecer o ecossistema e Bioma Amazônico precisa visitar a Trilha do Apuaú e a Trilha de Bariaú são de curta extensão, de fácil acesso e ficam próximas à cidade de Novo Airão.

A trilha de Bariaú fica no trajeto do rio que tem o mesmo nome. O período ideal para percorrer a trilha é durante a época de enchente (abril a maio) ou vazante (outubro a novembro). No período de seca o acesso ao local é muito difícil.

Próximo das corredeiras mais rasas existem pontos em que é possível tomar banho e observar alguns animais, como paca, ariranha, porco do mato, entre outros.

A trilha do Apuaú é mais extensa, ida e volta tem aproximadamente 4 km, que consiste em 2h30 de caminhada com alguns declives, por isso a dificuldade de percorre-la é moderada. Fica localizada na base do Instituo Chico Mendes (ICMBio) e só pode ser acessada por barco. Do Novo Airão até a base 2 deverá percorrer 30 km, em 40 ou 50 minutos.

Durante o trajeto da trilha do Apuaú vai ser possível observar igarapés e áreas de florestas, com árvores frutíferas e algumas aves como papagaios e tucanos.

VOO PANORÂMICO

Se você quiser investir mais alto, pode usufruir de um passeio aéreo para observar o arquipélago das Anavilhanas. Algumas empresas oferecem o serviço que custa em média a bagatela de R$3.500 para quatro pessoas, saindo de Manaus.

ATIVIDADES NÁUTICAS

​Opções com mais emoção são as atividades náuticas motorizadas (esqui aquático, voadeiras, wakeboard ou banana boat) ou não motorizadas (remo ou canoagem) que podem ser realizada no rio Negro. Alguns hotéis oferecem o serviço de atividades não motorizadas.

ONDE SE HOSPEDAR?

Você pode ficar em um hotel ou pousada, mas também é permitido acampar ou ficar em abrigos rústicos dentro do parque. Se optar em fazer os passeios, é possível que precise dormir dentro do barco durante os trajetos noturnos.

Pode também ficar hospedado em alguma comunidade onde esteja fazendo ações de voluntariado.

QUAIS OS CUIDADOS AO VISITAR ANAVILHANAS?

Como a região amazônica é uma zona endêmica no Brasil, o Ministério da Saúde recomenda a vacinação contra a febre amarela para todos os viajantes acima de nove meses de idade.

É importante também ter consciência de que está visitando uma área de preservação ambiental, por isso não devemos deixar o nosso lixo nas trilhas nem alimentar os animais. Para mais informações acesse o Guia do Condutor Consciente em Ambientes Naturais.

Gostou das belezas do arquipélago de Anavilhanas? Ficou interessado em conhecer os trajetos exuberantes desse lugar na Amazônia? Então entre em contato e conheça as opções que um roteiro de quatro dias no local oferece.

0 Compart.

Michel Leão 0Comentário(s)
0 Compart.

© 2018 Todos os direitos reservados

Chronus Viagens e Turismo
Av Diederichsen, 1100 Conj 22 - Vila Guarani (Z Sul)
São Paulo - SP | CEP: 04310-000
Tel.: (11) 2246-2885 / 5011-0635
E-mail: contato@chronus.tur.br